UCL  IRIS
Institutional Research Information Service
UCL Logo
Please report any queries concerning the funding data grouped in the sections named "Externally Awarded" or "Internally Disbursed" (shown on the profile page) to your Research Finance Administrator. Your can find your Research Finance Administrator at http://www.ucl.ac.uk/finance/research/post_award/post_award_contacts.php by entering your department
Please report any queries concerning the student data shown on the profile page to:

Email: portico-services@ucl.ac.uk

Help Desk: http://www.ucl.ac.uk/ras/portico/helpdesk
Publication Detail
Mídia transicional: permanência, recursividade e o paradigma da conservação
  • Publication Type:
    Chapter
  • Authors:
    Holling H
  • Publisher:
    Editora da Universidade do Estado De Minas Gerais, Brasil
  • Publication date:
    29/03/2019
  • Place of publication:
    Belo Horizonte
  • Pagination:
    37, 49
  • Chapter number:
    2
  • Editors:
    Gobira P
  • Book title:
    A memória do digital e outras questões das artes e museologia
  • Keywords:
    conservação, legado da intermidialidade, música eletrônica, eventos, happenings, performances, Brecht, Paik, filosofias musicais, filme, multimídia, tempo, identidade
Abstract
Por que, então, era pouco reconhecido, em termos de conservação, este legado da intermidialidade, a música eletrônica (por Cage ou Karlheinz Stockhausen, por exemplo) e as outras formas de atividades artísticas, tais como eventos, happenings e performances? E, ainda, por que ele não conseguiu incidir sobre sua teoria? A reflexão mais recente acerca da conservação, que colocou em jogo as filosofias musicais e chegou a conclusões sobre o caráter errático das obras de arte, contribuiu significativamente para a mudança no paradigma tradicional de conservação. Essa percepção, juntamente com a afirmação da mudança nas obras de arte, é um território fértil para realizar uma análise mais profunda. A expansão da busca intelectual da conservação é uma questão muitas vezes negligenciada diante do estudo técnico de materiais, da manipulação direta de objetos e da retórica acerca da autenticidade material. O legado da intermidialidadenão só desafia as categorias estabelecidas na conservação e nas práticas em torno das coleções e exibições do museu, mas também radicaliza o tempo. O vídeo, o filme e a multimídia incorporam e manipulam o tempo; o mesmo ocorre em processos e obras de arte de curta duração, como a performance, o happening (Fluxus), em que o tempo acaba por se transformar em um indicador da identidade dessas obras.
Publication data is maintained in RPS. Visit https://rps.ucl.ac.uk
 More search options
UCL Researchers
Author
Dept of History of Art
University College London - Gower Street - London - WC1E 6BT Tel:+44 (0)20 7679 2000

© UCL 1999–2011

Search by